BH É A 3ª MELHOR CIDADE DO PAÍS PARA AS FRANQUIAS

Belo Horizonte é a sexta cidade mais “interessante” para a setor de franquias no Brasil. A conclusão é do ranking elaborado pela Goakira Consultoria, que elencou as 10 melhores cidades para se investir em franquia no Brasil. A pesquisa levou em conta as Taxas Geométricas de Crescimento Anual (TGCAs) populacional e de renda medidas de 2010 a 2018 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a consultora de negócios da Goakira, Luana da Silva, Belo Horizonte se destaca pelo seu grande potencial de consumo. “Não tivemos uma grande surpresa no resultado. Belo Horizonte tem todas as características necessárias para atrair marcas. O principal entrave está em uma atenção muito forte que as empresas dão para o Rio de Janeiro e São Paulo, em princípio. Um maior número de franqueadoras sediadas no Estado também ajudaria. De toda forma o resultado segue a linha histórica e aponta um mercado aquecido à espera de um cenário econômico nacional melhor. O franchising foi um dos setores que melhor se saiu durante a crise e deve puxar a retomada”, explica Luana da Silva.

Mesmo que com uma velocidade mais lenta que as duas maiores cidades brasileiras, o Estado e a Capital estão sendo descobertos pelas franqueadoras e candidatos a franqueados. Segundo o recente balanço da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o mercado de franquias em Minas Gerais expandiu 13% em número de redes no terceiro trimestre de 2019 em comparação com o mesmo período do ano passado, atingindo 763 marcas em operação. As operações de franchising em Minas faturaram R$ 3,6 bilhões, o que representa um crescimento de 7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já em número de unidades, o mercado mineiro expandiu 10%, com 8.992 operações.

Luana da Silva: não tivemos uma grande surpresa no resultado – Crédito: Paula Korosue
O mineiro sempre busca capacitação, diz Luis Câmara – Crédito: Divulgação

Alimentos – Uma das maiores redes de pizzarias do Brasil, com mais de 210 lojas, a Patroni ainda tem uma presença tímida na Capital, com apenas uma unidade no Boulevard Shopping (região Leste), porém os planos são ousados. Para o diretor de expansão e novos negócios da Patroni, Admilson Souza, em 2020 deverão ser mais 30 lojas abertas no Brasil, sendo seis em Belo Horizonte.

“Belo Horizonte é uma cidade muito interessante para nós pela força da sua economia. Cabemos muito bem em lojas de shopping e de rua, então são muitas oportunidades, inclusive com o nosso modelo Casa do Don, um restaurante com salão e delivery”, pontua Souza.

O investimento médio para a abertura de uma unidade fica entre R$ 400 mil e R$ 500 mil. Em Minas Gerais, além de Belo Horizonte a Patroni tem unidades em Governador Valadares (Vale do Rio Doce), Contagem (Região Metropolitana de Belo Horizonte -RMBH), Juiz de Fora (Zona da Mata) e Sete Lagoas (região Central). Cidades com mais de 50 mil habitantes estão no foco da empresa.

Na frente de Belo Horizonte estão as cidades do Rio de Janeiro (RJ) em primeiro lugar; e São Paulo (SP), Maceió (AL), Santo André (SP), e Campo Grande (MS), na sequência. Logo depois de Belo Horizonte aparecem Guarulhos (SP), Curitiba (PR), São Luís (RN) e Campinas (SP), pela ordem.

Capacitação – A Vox2You, rede focada em cursos de oratória, fundada em 2015, tem mais de 20 escolas espalhadas pelo Brasil, empregando cerca de 300 pessoas, sendo duas unidades em Belo Horizonte, ambas na região Centro-Sul.

Segundo o sócio-diretor da Vox2you, Luis Fernando Câmara, o gosto do belo- horizontino por educação é um dos pontos fortes da cidade. A empresa faz parte da holding V2Y participações, dona da microfranquia Sense2Mind, voltada para treinamentos. Nos próximos sete meses, estão planejadas duas inaugurações na Capital da Vox2You e sete da Sense2Mind.

“Belo Horizonte é uma cidade rica e o mineiro sempre buscando capacitação. No caso da Sense2mind nosso maior faturamento é a unidade que fica na cidade. Nossa expectativa é abrir 25 unidades da microfranquia até o fim do próximo ano. Estamos nos consolidando no Triângulo (Uberlândia e Uberaba) e temos planos para as duas unidades em Montes Claros (Norte de Minas), Betim e Contagem (RMBH), Ipatinga (Vale do Aço) e Divinópolis (Centro-Oeste)”, completa Câmara.

Fonte:Diário Comércio

Share this Post: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Comments